Uma história pra contar

Não há conhecimento mais irrelevante em se saber quem se é.
E não há mudança que nos afete em essência.
Nem rio que passa,
Nem choro que arrasa.
Nem chuva que lava
Essa alma calada.
Nem amor que arremesse
Em outra galáxia.
O ser que ja foi
Ou alguém que será.
Porque não mudará.
A essência É, ESTÁ
E se há no mundo gente
Estranha ou diferente
Nem sei te falar…
Pode ser eu ou você
O vizinho ou o padeiro.
Porque no final,
Todo mundo tem
Uma historia pra contar.