Rosas ­čî╣

En ese mar de rosas, ella era una espina, quiz├ís ra├şces, pero nunca, (nunca realmente) p├ętalos.
In that sea of roses, she was a thorn, perhaps roots, but never, (never really) petals.

2 coment├írios sobre “Rosas ­čî╣

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ├şcone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Voc├¬ est├í comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Voc├¬ est├í comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Voc├¬ est├í comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Voc├¬ est├í comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s